Obra leva arqueólogos a encontrarem fábrica das jarras usadas para Jesus transformar água em vinho
12/08/2017 - 0h00 em Novidades

Arqueólogos que trabalham na Galileia descobriram uma antiga fábrica de objetos de pedra com mais de dois mil anos e, dada a localização, os especialistas acreditam que trata-se do local onde foram fabricadas as jarras usadas no casamento em que Jesus transformou água em vinho.

“Uma caverna de pedra feita por mãos humanas foi descoberta recentemente entre Nazaré e a vila de Caná”, afirmou Amanda Borschel-Dan para o portal The Times of Israel. “O que é surpreendente nesta escavação é a descoberta de uma oficina de grés (um material feito a partir de argila de grão fino, plástica, sedimentária e refratária, se aproximando da cerâmica por suportar altas temperaturas). Em Israel, existem apenas quatro dessas”, acrescentou.

Um fato relevante sobre a descoberta é que, geralmente, a argila usada na composição do grés não é tão límpida ou pura como a usada para fabricação de porcelana, o que significa dizer que o material encontrado na escavação permitia uma gama de cores e a impermeabilização após a queima.

A descoberta da fábrica de canecas e vasos de pedra aconteceu por acaso, após o início das obras de um centro esportivo na área. Como é de praxe, as autoridades mantém arqueólogos acompanhando as obras que são iniciadas em Israel, para documentar qualquer evidência do passado da nação.

“Até agora, os arqueólogos descobriram milhares de pedaços de pedra que foram escavados do interior de copos e tigelas quando foram formados”, pontuou Amanda.

O professor Yonatan Adler, docente da Universidade de Ariel, diretor de escavações da Autoridade de Antiguidades de Israel e um dos envolvidos na descoberta, afirmou que esse sítio arqueológico fornece grandes informações sobre os hábitos dos judeus contemporâneos a Jesus.

“O desperdício de produção indica que esta oficina fabricou principalmente canecas e tigelas manipuladas com vários tamanhos. Os produtos finalizados foram comercializados em toda a região na Galiléia. Já os nossos achados fornecem provas impressionantes de que os judeus eram meticulosos em relação às leis da pureza”, explicou o professor Adler.

Um vídeo do local das escavações foi publicado pelos pesquisadores. Embora esteja sem legendas em portugês, é possível observar os moldes de caneca encontrados e uma visão panorâmica da região onde Jesus operou seu primeiro milagre. Assista:

 

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE