Bispo da Universal teria censurado conteúdo em série de reportagens da Record para o Dia dos Pais
12/08/2017 - 0h03 em Novidades

O Dia dos Pais está chegando e a Record TV havia preparado uma série de reportagens especiais que seriam exibidas em seu principal telejornal, mas um dos bispos da Igreja Universal teria vetado grande parte dos temas que os jornalistas pretendiam abordar.

A informação sobre a censura na série de reportagens do Jornal da Record foi vazada para o jornalista Flávio Ricco, colunista do Uol especializado em televisão. A série chamada “Novo Pai” abordaria temas como pais solteiros, separados e também filhos homossexuais.

O nome do bispo que atua como diretor da Record não foi revelado pelo jornalista, mas a decisão de vetar teria gerado “transtornos” para a equipe que produz o telejornal, pela necessidade de refazer a edição das reportagens novamente, com adaptações.

O material do especial de Dia dos Pais teria sido submetido ao crivo do bispo, que desaprovando o que viu na chamada da série exigiu a mudança do conteúdo. Há tempos especula-se nos bastidores da imprensa que a visão da Igreja Universal tenha influência direta sobre o conteúdo que a emissora exibe. Quando a Record TV decidiu fazer “novelas bíblicas”, essa especulação ganhou mais força ainda em blogs e sites sobre televisão.

A emissora já está exibindo a série como parte de um pacote de conteúdo sobre o Dia dos Pais no próximo domingo.

Assista a dois episódios da série “Novo Pai”:

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE