Segundo turno: compare as principais propostas de Bolsonaro e Haddad
09/10/2018 11:47 em Novidades

O segundo turno das eleições presidenciais já está em curso e agora o debate se dá em torno das principais ideias apresentadas nos planos de governo dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) para áreas importantes da sociedade brasileira.

Nas redes sociais, a discussão entre eleitores de Bolsonaro e Haddad segue em ritmo e temperatura altos, com troca de farpas baseadas em rótulos pejorativos. Mas, é possível fazer uma comparação a respeito dos projetos apresentados anteriormente em relação a impostos, imprensa, Operação Lava-Jato, Justiça, segurança pública, ministérios, agronegócio, ditaduras socialistas e até sobre a Constituição Federal, dentre outros.

Circula no Facebook um texto comparativo, com indicativo da página de cada proposta feita pelos candidatos, sobre esses temas. “Caso tenham interesse em saber o plano de governo dos candidatos para o segundo turno, vale a leitura”, diz a introdução do comparativo entre Bolsonaro e Haddad.

Confira:

IMPOSTOS
– Bolsonaro: redução da carga tributária e aumento da receita destinada aos municípios (pág 58)
– Haddad: criar imposto sobre a exportação (pág 41), criar imposto sobre lucros e dividendos (pág 42) e aumentar o imposto territorial rural ITR para grandes propriedades (pág 56)

IMPRENSA
Bolsonaro: contra qualquer regulação ou controle social de mídia (pág 7)
Haddad: implantar mecanismos de regulação da imprensa e criar uma empresa pública de comunicação para expor o posicionamento do governo (pág 16)

LAVA-JATO
Bolsonaro: a Justiça deverá seguir seu rumo sem interferências políticas (pág 15)
Haddad: promover uma reforma do sistema de Justiça para reduzir o poder de investigação do Ministério Público Federal (pág 6, 15)

SEGURANÇA
Bolsonaro: tolerância zero com o crime (pág 10) e redução da maioridade penal (pág 32)
Haddad: desmilitarização das polícias (pág 31) e iluminação com LED nas ruas (pág 54)

MINISTÉRIOS
Bolsonaro: reduzir os 29 ministérios existentes atualmente (pág 17)
Haddad: criar 6 novos ministérios (pág 19, 20 e 55)

DITADURAS SOCIALISTAS
Bolsonaro: deixar de louvar ditaduras assassinas socialistas (pág 79)
Haddad: desenvolvimento da infraestrutura de países do Mercosul (Venezuela) (pág 11)

AGRONEGÓCIO
Bolsonaro: segurança no campo, políticas para consolidar mercado interno, abrir novos mercados externos, melhoria da logística de distribuição (pág 69)
Haddad: regulação do agronegócio para evitar ampliação de grandes latifundiários. Implantar reforma agrária e distribuir terras ao MST e indígenas (pág 56)

CONSTITUIÇÃO
Bolsonaro: respeito e obediência à constituição (pág 6)
Haddad: estabelecer um novo processo constituinte para aumentar o poder do Estado (pág 6)

PRESÍDIOS
Bolsonaro: prender e deixar na cadeia quem tiver cometido crimes (pág 30) e acabar com a progressão de pena e saída temporária (pág 32)
Haddad: reduzir a massa carcerária do Brasil através da liberação de presidiários (pág 33)

SINDICATOS
Bolsonaro: o sindicato deve ser voluntário, contra a obrigatoriedade do imposto sindical (pág 64)
Haddad: valorização de sindicatos e associações de trabalhadores (pág 40)

DROGAS
Bolsonaro: combate à ideologia de liberação irrestrita de drogas ilícitas (pág 26)
Haddad: promover a descriminalização das drogas (pág 32)

Links para ver na fonte: 
Plano de Governo Jair Bolsonaro:http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000614517//proposta_1534284632231.pdf 

Plano de Governo Fernando Haddad:http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000629808//proposta_1536702143353.pdf

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE